Marketing Pessoal – Quinta parte

Dicas para um bom marketing pessoal:

11 – Adquira o hábito de agir entusiasticamente, porque assim causará uma ótima impressão profissional. O entusiasmo é algo magnético, contagia a todos; ajuda-nos a ser dinâmicos, competentes e bem dispostos. Estas são qualidades essenciais para todo bom profissional.

12 – Seja organizado ou pelo menos, pareça organizado. Uma mesa bagunçada faz parecer que você não tem controle sobre o trabalho.

13 – Vista-se para ser visto, mas sem exagero e com estilo. Você deve se vestir da maneira que gostaria de ser visto em uma posição superior à que se encontra hoje, sem deixar de levar em consideração o público que você atende. Como eu sempre digo, se está no meio de lobos, uive, se está no meio de sapos, coache. Este em conformidade com o ambiente, mas destaque-se.
A forma de se vestir deve ser agradável aos olhos da sua rede de relacionamento e ser compatível com o tipo de ambiente que trabalha.

14 – As pessoas adoram ouvir o próprio nome. O nome é o som mais gostoso de se ouvir. Menos quando você ouve seu nome inteiro e é sua mães ou seu chefe que estão falando. Até arrepia. Lembra da sua mãe falando seu nome inteiro?
Carlos Augusto Gomes. Venha ver o que o senhor aprontou.
Guarde o maior número de nomes de pessoas que você puder guardar.
Isto é uma grande forma de fazer o seu marketing pessoal.
Quando você lembra o nome da pessoa e ela esquece o seu, melhor ainda. Ela perceberá que você a achou importante, ou interessante de alguma forma.

O que, você não consegue guardar o nome das pessoas?
Chama sua mulher de meu amor, pois nem o dela lembra?
Lembre-se que memorização é uma questão de concentração. Quando for apresentado a alguém, este atento e presente. Se desejar, repita mentalmente o nome e depois use-o para fixar melhor.

15 – Melhore a sua Capacidade de Comunicação
Pessoal, pense em suas vidas até hoje: mais do que determinados momentos ou situações, o que mais causou impacto na vida de cada um nós foram as pessoas que passaram por nossa vidas. E como nós conhecemos e nos relacionamos com cada uma destas pessoas através da comunicação.
E de todas as formas de comunicação, a que mais usamos é a comunicação oral, a linguagem falada. Por isso, esta é uma mais uma das características fundamentais dos homens e mulheres bem-sucedidos.
Mas, mais do que falar precisamos aprender a ouvir. Muitos querem fazer curso de oratória para aprender a se comunicar melhor, mas o curso que seria mais importante é o de escutatória.
Mas algumas pessoas podem estar pensando: “Mas eu já sei falar desde os 2 anos de idade!”. Falar e se comunicar efetivamente são coisas muito diferentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 10 =