Sorte ou azar? – parte 1

Fomos criados para acreditar que pessoas que se deram bem na vida tiveram “sorte” enquanto outras tiveram “azar”.  Aceitamos estas programações, que nos foram impostas, sem questioná-las.  Chamamos isso de destino, sina ou desígnios.

Mas se acreditarmos realmente nisso então não precisamos fazer nada, ou melhor, não podemos fazer nada para mudar, pois nosso destino já foi traçado e para que então qualquer esforço?

Mas… e se eu colocar a possibilidade de que muitas coisas da nossa vida podem ser alteradas e que isso só depende de você?  Isso ajuda? Isto assusta?

O que vivemos hoje é passado. Porque o seu presente se forma a partir das idéias que você concebeu lá atrás.

Pensando dessa forma, o seu futuro é fruto do que e como pensa hoje.

Por esse motivo gosto muito da frase: “o acaso demora muito tempo para ser preparado”, e por nós mesmos.

A melhor maneira de alterar ou alcançar algo que desejamos é canalizar o nosso pensamento, a nossa imaginação criadora de maneira intensa o bastante para que ela se torne o dia de amanhã.

Toda situação que imaginamos, tudo que queremos poderá tornar-se realidade, pois tudo acontece primeiro no nosso pensamento, na nossa imaginação.  Nossa mente não distingue o que é “real” e o que é “imaginação”, principalmente se nossos pensamentos são recorrentes (isso vale para os pensamentos “ruins” e para os pensamentos “bons”), podemos vivenciá-los tão intensamente em nossa mente que, por vezes, a sensação é genuína.

Mas o que acontece no meio do caminho que nem sempre conseguimos alcançar o que desejamos, apesar de acharmos que merecemos?

Bem…isso é assunto para outro post, depois do Carnaval! Aguardem!

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Sorte ou azar? – parte 1

  1. Nossa quantas verdades, a bem pouco tempo eu pensava que não tinha sorte, até conhecer alguém muito especial , Lilian shibata, pessoa linda, firme , conciente,”fantástica” ela me disse tudo isso que está escrito neste post… parabens, linda postagem, mais sou muito leiga para avaliar algo tão grandioso como suas abordagens, abraço, terê Cordeiro.

    • Blogmoderador disse:

      Olá Terê!
      Adorei seu comentário e a menção à Lilian!
      Ela é realmente uma pessoa muito especial. Eu a conheço e admiro.
      Mas você tem um dom… use-o para ajudar a sua sorte… fui no seu blog de poesias e gostei… parabéns!
      Aliás, vou mencionar você mesma agora: “Durante muito tempo eu lia assim, tem uma pedra no meio do caminho. nem imaginava que poderia retira-la, ” retirei”. (Terê Cordeiro)”

      A Sorte, somos nós que fazemos!!!

      Um Grande Abraço, Saúde e Sucesso

      Acácio Ventura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>